segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Ainda chove lá fora

Hoje, foi mais um dia de chuva.


Flashes passam, dos dias em que o meu guarda-chuva era um meio de transporte, uma espécie de abrigo estranho, contra as belas gotas gordas e redondas de chuva que caiam do céu.


A memória atraiçoa. A memória é dolorosa.


Por isso, vou dormir...

... é que, sabes?...


Ainda chove lá fora.

4 comentários:

  1. Acreditas que me deste inspiração para escrever um poema sobre a chuva? Apesar de ser um tema "batido" existem sempre formas de o descrever :D

    ResponderEliminar