terça-feira, 19 de abril de 2011

No meio do negro, do desespero, do receio, da solidão, há sempre uma luz mais bonita que as outras

Ela continua a brilhar, mesmo que tudo o que a envolva sejam as trevas

Essa é a verdadeira beleza de cada um de nós


Catarina Prata











1 comentário:

  1. Oh obrigada é gratificante saber isso.
    Estou a seguir-te! :)

    ResponderEliminar